segunda-feira, 21 de maio de 2012

Teste de vocabulário traz

Teste de vocabulário traz enriquecimento de seu vocabulário, saiba que são poucos que na verdade se dedicam a essa pratica.


Entretanto com os atuais recursos da comunicação via internet, a maioria dos indivíduos que se dedica algumas horas por dia inevitavelmente entra em contato com as novas expressões. E com certeza irão enriquecer o seu vocabulário do dia a dia.




   Faça seu teste:





  • Apupo





  • Apatia





  • Afável





  • Baixela





  • Balbúrdia







  • Compilação





  • Decúbito





  • Depreciar







  • Empáfia






  • Encéfalo





  • Enxu





  • Fobia





  • Frívolo





  • Grilagem





  • Hálux





  • Hediondo





  • Imensurável





  • Injúria





  • Lépido





  • Marasmo





  • Néscio





  • Organdi





  • Peralta





  • Pitoresco





  • Placebo




  • Livro dos Testes Direitos autorais e Copyright© de Mathias Gonzalez (sob o pseudônimo de Thomas Morgan) e Editora Tecnoprint, Ediouro, RJ. Para conhecer mais sobre o autor : href="http://www.geocities.com/mathiasead/


    Gabarito:
    (Dicionário da Língua Portuguesa On-Line)


    Apupo - do Lat. upupu, s. m., o grito da poupa; por ext. o pio das aves; espécie de búzio de som áspero; (fig.), vaia; zombaria; assuada.
    Apatia - do Lat. apthia + Gr. apátheia, s. f., insensibilidade; indiferença; impassibilidade; inércia; marasmo.
    Afável - do Lat. affabile, adj. 2 gén., benévolo; amável; delicado; meigo; cortês.
    Baixela - do Fr. vaisselle, s. f., conjunto de utensílios, em geral de ouro ou prata, próprios para o serviço de mesa.
    Balbúrdia - do Celt. balbord, tumulto, s. f., desordem; confusão; algazarra, vozearia confusa.
    Compilação - do Lat. compilatione, s. f., ato ou efeito de compilar; recompilação; coleção; reunião de extratos de diversos escritos sobre um assunto.
    Decúbito - do Lat. decubitu, s. m., posição de quem está deitado.
    Depreciar - do Lat. depretiare, v. tr., abaixar o valor, o preço de; rebaixar, aviltar, desprezar; v. refl., perder o valor, a estima ou a consideração.
    Empáfia - s. f., ênfase; altivez; arrogância; orgulho vão.
    Encéfalo - do Gr. egképhalos, que está dentro da cabeça, s. m., parte do sistema nervoso contida no crânio e que compreende o cérebro, o cerebelo e o bolbo raquidiano.
    Enxu - s. f., (Brasil), vespa da família dos vespídeos; s. m., casa ou colmeia desta vespa.
    Fobia - do Gr. phóbos, terror, medo, s. f., medo mórbido.
    Frívolo - do Lat. frivolu, adj., sem importância; leviano; volúvel; vão; fútil.
    Grilagem - s. f., (Brasil), sistema utilizado pelos grileiros. grileiro - s. m., (Brasil), agente ou advogado que legaliza propriedades territoriais com títulos falsos.
    Hálux - do Lat. hallux, s.m., (Anat.), o dedo grande do pé; halo. (Zool.), dedo posterior da pata das aves.
    (extraído o Aurélio)
    Hediondo - do Cast. hediondo < Lat. faetibundu, adj., depravado; sórdido; repugnante; asqueroso; repelente; imundo.
    Imensurável - do Lat. immensurabile, adj. 2 gén., que se não pode medir; incomensurável.
    Injúria - do Lat. injuria, s. f., violação de um direito; ofensa moral; insulto; ultraje; detrimento; dano, estrago.
    Lépido - do Lat. lepidu, gracioso, adj., risonho; jovial; de bom humor; ligeiro; expedito; lesto.
    Marasmo - do Gr. marasmós, magreza extrema, s. m., extenuamento; fraqueza geral; abatimento progressivo; apatia profunda; (fig.), enfraquecimento das forças morais; estagnação.
    Néscio - do Lat. nesciu, adj., que é ignorante; ignaro, inepto; estúpido; desassisado; s. m., indivíduo inepto, ignorante.
    Organdi - s. m., espécie de cassa muito leve, retesada com um preparo especial; organsina. cassa - do Mal. kassa, s. f., tecido transparente de linho ou algodão.
    Peralta - s. 2 gén., pessoa afetada, no trajar e nos modos; casquilho; peralvilho; janota; adj. e s. 2 gén., (Brasil), diz-se de, ou criança traquinas, travessa.
    Pitoresco - do It. pittoresco, adj., próprio para ser pintado; pictórico; pinturesco; (fig.), agradável, ameno; recreativo; original; s. m., o que é pitoresco.
    Placebo - do Lat. placebo, de placere, agradar, s. m., (Med.), substância neutra (sem qualquer efeito farmacológico) por vezes prescrita para levar o doente a experimentar alívio dos sintomas pelo simples facto de acreditar nas propriedades terapêuticas do produto.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Postagens populares

    Todas pessoas abaixo tem o mesmo interesse que você, siga você também

    Google+ Badge

    Google+ Followers